Tratamento para calcanhares rachados

Cuidar da pele dos pés é um pouco difícil e requer paciência. Isso se deve à sua estrutura específica. Além disso, os pés estão diariamente expostos a cargas e contato constante com o solo. 

Esses fatores o tornam muito suscetível à secura, rugosidade e à formação de calos. Calcanhares rachados também são muito comuns. Eles não são apenas um defeito estético, mas podem causar dor e desconforto durante as atividades cotidianas.

O que leva a calcanhares rachados? Que tratamentos estão disponíveis?

Por que eles são tão propensos a rachar? Propriedades da pele dos pés

A pele dos pés tem uma especificidade diferente do resto do corpo. Em primeiro lugar, é o mais espesso, o que promove a queratinização e o endurecimento. Nos pés, a pele tem cerca de 4 mm de espessura, com os restantes locais com dimensões de 0,5-2,5 mm.

Além disso, a pressão causada pela caminhada frequente e sapato social feminino muito apertados fazem com que a pele dos pés, “defender” contra a pressão (absorvendo a força da pressão), fique ainda mais dura. Isso leva à sua secagem, que por sua vez promove os processos de rachadura da epiderme.

A falta de glândulas sebáceas também é característica da pele dos pés. Eles são responsáveis ​​pela produção de sebo que tem um efeito hidratante. A ausência desta descarga é outro fator que contribui para o ressecamento e rachaduras.

Embora os pés sejam ricos em glândulas sudoríparas (eles têm cerca de 300.000), eles têm uma função ligeiramente diferente. O suor promove a umidade, mas não hidrata e acalma a pele seca de forma alguma. Pode até promover infecção fúngica, que por sua vez exacerba os processos de craqueamento.

Causas: o que intensifica esse processo?

Além das propriedades específicas da pele dos pés que favorecem o processo de fissuração, a retenção de água também é crucial. A desidratação da pele faz com que ela perca sua elasticidade e deteriore sua condição geral. 

Torna-se áspero e seco, e esta condição na próxima etapa leva à epiderme rachada devido à falta de umidade adequada. Esta situação também afeta o aumento da queratose da pele, ou seja, o seu endurecimento local.

Estalar os calcanhares também leva a:

  • Sem cuidados com a pele do calcanhar, especialmente a remoção regular da epiderme (por exemplo, com uma fresadora) e o uso de cremes suavizantes. A rachadura nos calcanhares também é promovida pela abrasão excessiva da epiderme com uma pedra-pomes. Tem uma textura muito áspera, o que provoca o efeito contrário ao pretendido – a epiderme volta a crescer ainda mais;
  • Calos (a pele é muito calosa);
  • Sobrepeso, obesidade, gravidez – muito peso corporal exerce uma forte pressão sobre os calcanhares, que podem quebrar sob a pressão do peso, especialmente se o aspecto do cuidado for negligenciado;
  • Algumas doenças, por exemplo, hipotireoidismo, diabetes, psoríase, insuficiência venosa (os pés têm um suprimento sanguíneo muito forte, portanto, distúrbios neste sistema afetam fortemente sua condição);
  • Deficiências de vitamina A e E e zinco;
  • Nível muito baixo de hidratação no corpo.

O próprio processo de queratinização epidérmica é algo natural. No entanto, como resultado de vários fatores, o estrato córneo começa a se acumular excessivamente, o que é sentido na forma de calcanhares rachados ou calos.

Quais são os sintomas? Como está o processo de craqueamento?

O primeiro estágio, sinalizando que algo perturbador está acontecendo na região do calcanhar, está associado ao aumento do ressecamento e da aspereza da pele. Além disso, torna-se mais apertado e mais difícil, o que você sente inicialmente apenas ao pressionar. Com o tempo, a tensão torna-se sentida em situações cotidianas. Sintomas como coceira ou calcanhares hipersensíveis podem aparecer.

Na fase seguinte, há uma ligeira mudança na cor da epiderme. Você pode observar um revestimento branco com tendência a descascar. A pele dos calcanhares também pode ficar amarela ou marrom. Às vezes, os saltos ficam vermelhos. Ocasionalmente, há pouca dor ou desconforto, especialmente quando você está fazendo alguma coisa.

Em um estágio posterior, os calcanhares estão rachando. A epiderme seca, desprovida de umidade e trabalhando sob pressão o tempo todo, não suporta a pressão e as fendas começam a se formar em sua camada externa.

A rachadura nos calcanhares pode se espalhar, ou seja, se espalhar para camadas cada vez mais profundas da pele, atingindo até a camada adequada. Quanto mais profunda a pele rachar, maior a dor associada a ela.

Efeitos do tratamento

A falha no tratamento de calcanhares rachados geralmente leva a traumas nos vasos sanguíneos, o que resulta em sangramento das fendas e, nos estágios posteriores, no aparecimento de úlceras purulentas.

Essa situação cria condições ideais para o desenvolvimento de diversos microrganismos, principalmente bactérias e fungos. Além disso, é favorecido pelo fato de os pés suarem todos os dias (especialmente em sapatos saltos fechados), o que fornece aos patógenos uma umidade adequada.

Não fazer isso pode resultar em inflamação grave. As pessoas que sofrem de diabetes devem ser particularmente sensíveis às questões de cuidados com os calcanhares. Permitir o desenvolvimento da inflamação pode ter consequências muito graves e envolver o chamado pé diabético.

Quais são os tratamentos para calcanhares rachados?

O tratamento do calcanhar baseia-se principalmente na aplicação local de preparações apropriadas e na remoção mecânica da epiderme calosa. Na fase avançada da doença, o melhor é ir ao consultório de podologia para remoção profissional dos calos. Isso garante eficácia e segurança. O tratamento geralmente tem que ser repetido várias vezes.

Nos salões de beleza, você também pode usar a opção de remover a epiderme queratinizada com um peeling ácido à base de ácido cítrico e lático. É uma opção alternativa à abrasão epidérmica clássica.

No tratamento equatorial, além da remoção da epiderme, a ênfase está nas preparações adequadas para o cuidado dos pés. Eles devem conter principalmente ureia com fortes propriedades de amaciamento.

About DoeMarina Blog

a DoeMarina Blog traz para você os melhores conteúdos da internet. Seja bem-vindo e desfrute de pautas especialmente separadas para você. Portal de conteúdos atualizado diariamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 5 =